Bernardo Guerra


Nascido em Brasília mas carioca de alma, Bernardo Guerra toca profissionalmente desde 1992.

Iniciou sua trajetória em uma das mais tradicionais matinês da zona sul do Rio de Janeiro, a Pepsi, no Circulo Militar da Praia Vermelha, na Urca.

Nesse período foi convidado para tocar no Tiziano, boate de relevância na noite carioca, em meados dos anos 1990, localizada em Ipanema.

Depois de uma longa residência no local, passou por boates como People, Skipper Leblon, Bunker e W. Em todas elas mostrou versatilidade em seu repertório, indo do R&B ao House e fazendo long sets de até 6 horas passeando por diversas vertentes da música, apoiando sua técnica entre o “Turntablism” e o “Full Frequency Mix”.

Foi convidado, em 1996, para assumir a residência da La Maja, boate dentro da Casa de Espanha, no Humaitá, noite que adotava um estilo entre o pop e o underground.

Desenvolveu um trabalho intenso de pesquisa musical em suas viagens, sempre trazendo lançamentos mundiais para suas noites na La Maja. O lugar se tornou referência para escutar músicas atuais e fora do eixo comercial-rádio. Muitos Djs de outras casas noturnas frequentavam o lugar em busca do novo.

Durante sua formação em Psicologia na Puc/RJ, Bernardo Guerra mergulhou num cenário musical totalmente diferente do que vinha desenvolvendo. Nas festas em que tocou dentro do campus entrou em contato com a música brasileira e todas suas regionalidades.

Em 2001, conheceu o Dj Alexandre Cappelli e foi convidado a fazer parte da Cappelli – Agência Carioca de Djs, equipe em que atua até hoje. Usou sua bagagem como DJ da noite para ingressar, com sucesso, no mercado de casamentos e eventos sociais.

Em 2007 tocou em eventos na Vila Olímpica dos Jogos Panamericanos, onde mostrou sua diversidade musical para cerca seis mil atletas de todo o mundo.

Atualmente toca em eventos sociais, corporativos e casamentos por todo o Brasil.